Ateliê

Os poderes místicos da Mandala

Mandala é a palavra sânscrita que significa círculo, uma representação geométrica da dinâmica relação entre o homem e o cosmo.

Através das Mandalas, Sagrados Círculos de Poder, abrimos as portas para forças, energias e atitudes que geram cura e auto-conhecimento.

"O próprio universo é uma mandala composta de incontáveis mandalas das mais diversas dimensões. O corpo humano é constituído de células e estas, por sua vez, de átomos. Desse modo, nosso corpo é composto, em última análise, de inúmeras mandalas. Com o braço e as pernas esticados, ele forma uma estrela de cinco pontas, e cada estrela é uma mandala. Enquanto mandala estelar, cada homem possui, claramente reconhecível, um centro, e todos estamos constantemente à sua procura. Algum dia o encontraremos dentro de nós. O centro - não importa se o sentimos agora mais conscientemente ou não - reconhece, por sua vez, essa estrutura de mandala como algo que lhe é idêntico. No entanto, sentimos uma indescritível felicidade ao vivenciarmos o nosso centro: é esse o objetivo de toda meditação. Afinal, meditar significa girar em torno do nosso próprio centro, e, dessa forma, uma mandala e toda mandala nos faz lembrar do nosso próprio centro e equivale, portanto, à meditação". (Rüdiger Dahlke)

Experimente fazer o exercício de meditação observando uma mandala. Apenas fixe seu olhar em seu centro. Faça uns vinte minutos por dia e veja os resultados. São maravilhosos e benéficos para o corpo e a mente. Você se sentirá mais revigorado e equilibrado.

A Mandala pode ser utilizada na decoração de ambientes ou como instrumento para o desenvolvimento pessoal e espiritual. Restabelece a saude interior e exterior. Dica: coloque-a em um espaço especial, onde você irá meditar, fazer sessões de massoterapia, reiki, astrologia, psicoterapia, atendimento clínico, etc.

Leia Mais